O Poder do Foco

By 22 Outubro, 2015Reflexão

Há uns meses realizei, com conjunto com a LIFE Training, a Masterclass Online “O Poder do Foco”, com mais de 3000 pessoas inscritas! A pedido de muitos, aqui ficam as notas que elaborei para a preparação dessa sessão, incluindo as 5 estratégias práticas que propus para que o teu foco se torne ainda mais eficiente. Espero que te sejam muito úteis!

 

1. Para onde vai a tua atenção, flui a tua energia.

2. A tua atenção vai para onde vai em função dos filtros que tens instalados, são estes que selecionam – de entre toda a informação que recolhes a cada instante – aquela que chega ao teu consciente: é a isto que chamamos, na aula, de foco

3. Onde está o foco? A que estás a prestar atenção agora? Esse é o teu foco!

4. O sítio para onde vai a tua atenção determina o aparecimento de um conjunto de pensamentos, sentimentos e comportamentos. Estes ditam as tuas experiências – logo, ditam a tua vida!

5. Mudar os filtros, muda o foco. Mudar o foco, muda a tríade “pensamento-sentimento-comportamento”. Mudar a tríade, muda as experiências. Mudar as experiências, muda a vida. Ou seja, mudar o foco muda a vida!

6. Na experiência humana, os filtros podem ter muitos nomes, embora todos tenham a mesma função – ajudar a distinguir aquilo a que devemos prestar atenção!

7. Alguns dos filtros que tendem a ser mais presentes: experiências passadas, valores, crenças, intenções, estados emocionais, meta-programas.

8. Na aula, foram apresentadas 5 estratégias ou caminhos para recuperar o Poder do Foco:

 

Mente de Principiante

Interagir com o mundo, particularmente com os “velhos” contextos, como se o fizéssemos pela primeira vez! Na realidade, interagimos sempre com os contextos pela primeira vez – são sempre novos, sempre únicos, sempre irrepetíveis. Ao trazermos isto para o nosso consciente, afirmando que queremos ver, ouvir e sentir o contexto em que estamos prestes a entrar – a família, o local de trabalho, a praia – sem preconceitos, criamos as condições para observarmos as coisas como elas são. E isso, frequentemente, produz sensações mágicas!

 

A Mente de Principiante é uma estratégia para pedir – com carinho – ao nosso inconsciente para deixar de utilizar momentaneamente os filtros do passado, suspendendo-os e deixando espaço para uma experiência limpa, curiosa, enriquecedora.

 

Crenças Possibilitadoras

Aquilo em que acreditamos, normalmente baseado em experiências passadas ou em crenças transmitidas por pessoas emocionalmente significativas, molda a nossa atenção. Se acreditas que, numa determinada situação, consegues ou não consegues, então a tua atenção irá para diferentes sítios ou para diferentes ângulos. Se tiveres instaladas crenças limitadoras (do género “não sou suficiente”, “não consigo”, “não tenho sorte”, “só me acontecem coisas más”, “a vida é dura e injusta”, “já sou muito velho”, etc) então o teu foco tenderá a ser um produto dessas crenças: fixando-se, regularmente, em aspetos da tua experiência que confirmam as crenças. Iniciando-se assim, um ciclo vicioso de pensamentos, sentimentos e comportamentos. No final, muito provavelmente, terás a tua crença limitadora confirmada!

 

Ao alterares aquilo em que acreditas (um processo em que as técnicas da Programação Neuro Linguística tendem a ser bastante eficientes) crias um novo foco. Um foco que iniciará novos padrões de pensamento, novos e poderosos sentimentos e novos e mais eficientes comportamentos! No final, as tuas novas crenças serão validadas pelos teus novos resultados!

 

Investiga um pouco sobre alteração de crenças – em breve, faço uma aula sobre isto!

 

Intenções Poderosas

Quando defines uma intenção (afirmando claramente que queres algo ou que vais fazer algo) instalas um novo filtro, que gerará um novo foco! Por exemplo, se afirmares que vais comprar um carro novo, começas a reparar em informação relacionada com isso. Se disseres que queres mudar de emprego, começas a reparar em informação que já lá estava antes, só que não estava a chegar ao teu consciente. Novas intenções, novos filtros, novo foco!

Em muitas abordagens do Coaching usa-se e abusa-se da definição de objetivos. Muitas vezes sem ter consciência dos processos que lhe estão associados: instalação de filtros e de memórias futuras. Quando se definem objetivos de forma tecnicamente adequada, pode-se afetar profundamente a tríade pensamento-sentimento-comportamento sem ansiedade ou pressão acrescidas (esta é uma das razões pelas quais sugiro a todos quantos queiram estudar Coaching que o façam, preferencialmente, com uma Escola que use a PNL como suporte – e, claro, recomendo fortemente a LIFE Training)

Tudo começa, ainda antes dos pormenores técnicos, por conseguir afirmar aquilo que se quer! Começa hoje e define os objetivos para o próximo semestre: o que queres? Garante que os objetivos são, antes de mais, específicos, mensuráveis, acionáveis (dependem de ti), realistas e definidos no tempo! Instala novos filtros!

 

Estados Emocionais Eficientes

Quando interages com alguém ou com uma determinada situação, o estado emocional em que inicialmente o fazes condiciona regularmente a tua experiência. Sim, pois o teu estado emocional dominante (o teu sentimento, se tomares consciência do mesmo) é, também ele, um poderoso filtro! Sabes isso intuitivamente, pois se chegares ao local de trabalho triste ou alegre tens duas experiências diferentes! Se chegares a casa triste ou alegre, tens duas experiências diferentes! A diferença está no filtro emocional que condiciona a tua atenção e te lança em utilizações diferentes da tua tríade pensamento-sentimento-comportamento.

Para utilizares os estados emocionais para alterares o teu foco, experimenta – perante um determinado contexto – respirar como respirarias se já tivesses ativo o estado emocional que achas que melhor potenciaria a tua performance nesse contexto. Faz isso durante 60 segundos e depois observa como, com um novo foco, utilizas de forma diferente a tua tríade, gerando novos resultados!

 

Mantra do Poder do Foco

Outra forma de afetar profundamente o nosso foco é assumir uma cultura de responsabilidade em relação ao mesmo. Para ajudar, escrevi este mantra. Experimenta utilizá-lo durante 2 ou 3 semanas, diariamente, e a tua vida transformar-se-á. De dentro para fora. Filtrando de forma diferente o que vem de fora. Gerando novas experiências dentro. Que por sua vez afetam positivamente o que acontece lá fora. Por outras palavras: magia J

 

“O meu foco gera a minha experiência.

Eu assumo responsabilidade pelo meu foco.

Eu aceito os meus pensamentos, sentimentos e comportamentos como resultado do meu foco.

Eu acedo a crenças possibilitadoras, intenções poderosas e emoções mágicas para criar um foco que realmente me sirva.

Um foco que crie a experiência que pretendo, molde o meu mundo de acordo com os meus valores e gere, para mim e para os outros, uma vida equilibrada, saudável e em paz.

Eu assumo responsabilidade pelo meu foco.

Para onde vai o meu foco, flui a minha energia.

Para onde flui a minha energia, formam-se as minhas experiências.

As minhas experiências são a minha vida.

Eu assumo responsabilidade pelo meu foco, logo assumo responsabilidade pela minha vida”

 

Fica bem. Faz magia.

Pedro

Leave a Reply